A nossa história…

No âmbito da visita à biblioteca, ilustramos a canção “O livro é bom amigo”, pintando a imagem de um menino com um livro que acabou por dar origem a uma história coletiva.  Desde o texto às ilustrações, toda a história foi elaborada pelas crianças que revelaram criatividade e empenho. Surgiu, então, a ideia de fazer o livro da história para a nossa sala. Entretanto, o Pedro Rosa trouxe uns fones para fazermos a gravação áudio da história. Vai ficar muito giro!

Anúncios

Visita à Biblioteca Municipal de Leiria

Apesar da chuva não ter dado tréguas, lá fomos nós munidos de casacos e chapéus de chuva conhecer a biblioteca da nossa cidade. Foi muito giro visitar a biblioteca, perceber como se podem fazer requisições e saber um pouco mais sobre Afonso Lopes Vieira. Ainda tivemos tempo para visitar uma exposição de esculturas muito giras feitas em papel, mas ficou a vontade de voltar para ver livros na biblioteca infanto-juvenil e usufruir do espaço.

Com o colégio ou em família o regresso ficou prometido 🙂

Aniversariantes em março e abril

Para além de colocar a conversa em dia, partilhando as muitas experiências vividas durante as férias da Páscoa, hoje foi dia de atualizar calendários de presenças e aniversários, parabenizando os nossos amigos que fizeram anos nas férias e que festejaram agora, com os colegas, o seu dia especial .

Um grande beijinho para o Salvador, para o Miguel Pinto e para a Simone que já têm seis anos!

Este mês teremos ainda o aniversário da Inês (dia 18), da Bianca (dia 19) e da Margarida (dia 23).

A primeira letra do meu nome

Nesta fase, aos 5/6 anos, é muito comum as crianças demonstrarem curiosidade pela escrita e pela leitura. E quando conversámos sobre as suas curiosidades, sobre o que gostariam de saber/aprender disseram logo:

“Gostava muito de aprender a ler a escrever” (Pedro L.);

“Eu também! Eu também!” (repetiram muitos);

“Eu gostava de aprender as letras do abecedário” (Madalena Al.)

Depois surgiram questões ligadas aos animais, ao espaço, aos bebés que, consoante formos tendo oportunidade, poderemos explorar 🙂

E foi tendo por base esta curiosidade inicial das crianças que começamos, então, por partilhar o que sabemos sobre as letras dos nossos nomes, comparando-as e ao som que produzem. Vejam como ficaram giras as nossas iniciais:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

O Planeta Limpo do Filipe Pinto

Hoje recebemos no nosso Colégio a visita do jovem músico Filipe Pinto que nos levou numa viagem pelo “Planeta limpo do Filipe Pinto”, onde tivemos oportunidade de conhecer os recantos e encantos da floresta, cruzando-nos com os seus simpáticos habitantes, e percebendo, na primeira voz, o impacto negativo das más ações humanas na existência e na sobrevivência de todos os seres vivos.

O encontro terminou com música que poderão ouvir e cantar em família, aprendendo a reciclar 🙂

Conecta-te com a Cultura Chinesa

Esta semana recebemos na nossa sala o Daniel, oriundo da China, que veio falar-nos um pouco da sua cultura. Foi muito giro ver como se escreve o nosso nome em chinês, pintar a bandeira da china e cantar os parabéns em chinês. Também tentámos comer com pauzinhos e percebemos que não é nada fácil!!!

Teresa de Saldanha

O pré-escolar contribuiu para esta bonita exposição, sobre a Madre Fundadora da Congregação a que pertence o Colégio, com a construção das nuvens onde cada um deixou a sua marca. Trabalhamos noções de tons claros, intermédios e escuros, a motricidade fina e organização do espaço e, acima de tudo, dialogamos sobre valores, refletindo sobre um grande lema de Teresa de Saldanha: Desejo fazer o bem, sempre! Vamos fazê-lo em cada momento e seremos certamente mais felizes 🙂

 

Se eu fosse um super herói…

Na última semana fomos ao cinema ver o filme dos Super heróis. Foi muito divertido ir ao cinema com os amigos!

E se eu fosse um Super Herói como seria?

“Gostava de fazer bolas de fogo para derrotar os maus” (Santiago R.);
“Eu deitava raios vermelhos” (Pedro M.);
“Eu dava um golpe aos maus e não os deixava atacar as pessoas” (Madalena Az.);
“Gostava de voar e ter uma espada e salvava o mundo” (Pedro Lopes);
“Se eu fosse um super herói era um macaco que lançava um pau aos vilões” (Pedro Rosa);
“Gostava de ir a voar pelo ar e deitar um pó mágico para as pessoas nunca ficarem doentes” (Artur);
“Gostava de ser um macaquinho com bananas mágicas que ajudavam as pessoas a ficar boas” (Salvador);
“Era forte, conseguia voar, e com os meus olhos transformava os maus em lama” (Martim);
“Gostava de fazer gelo para congelar os maus” (Leonor F.);
“Se eu fosse uma super heroína lançava corações e salvava o dia, porque a bruxa queria pisar as flores e eu não deixava” (Inês)

….

Tão bom… 🙂

E como estarão as árvores agora?

No primeiro período, com a chegada do outono, visitámos o Jardim Luís de Camões com a Educadora Patrícia para observar as árvores no outono e recolher uma folha a que chamamos “A minha estrela de outono”. Com a chegada do inverno resolvemos visitar o mesmo local e observar as alterações que ocorreram.

Ao chegar ao colégio registámos o que observamos, pintando duas árvores despidas que serviram de estendal para o vestuário de inverno que explorámos com jogos e adivinhas. Por fim, escrevemos o título do trabalho e foi muito giro descobrir as letras de cada palavra através do som que produzem.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑