Conecta-te com a Cultura Chinesa

Esta semana recebemos na nossa sala o Daniel, oriundo da China, que veio falar-nos um pouco da sua cultura. Foi muito giro ver como se escreve o nosso nome em chinês, pintar a bandeira da china e cantar os parabéns em chinês. Também tentámos comer com pauzinhos e percebemos que não é nada fácil!!!

Anúncios

Teresa de Saldanha

O pré-escolar contribuiu para esta bonita exposição, sobre a Madre Fundadora da Congregação a que pertence o Colégio, com a construção das nuvens onde cada um deixou a sua marca. Trabalhamos noções de tons claros, intermédios e escuros, a motricidade fina e organização do espaço e, acima de tudo, dialogamos sobre valores, refletindo sobre um grande lema de Teresa de Saldanha: Desejo fazer o bem, sempre! Vamos fazê-lo em cada momento e seremos certamente mais felizes 🙂

 

Se eu fosse um super herói…

Na última semana fomos ao cinema ver o filme dos Super heróis. Foi muito divertido ir ao cinema com os amigos!

E se eu fosse um Super Herói como seria?

“Gostava de fazer bolas de fogo para derrotar os maus” (Santiago R.);
“Eu deitava raios vermelhos” (Pedro M.);
“Eu dava um golpe aos maus e não os deixava atacar as pessoas” (Madalena Az.);
“Gostava de voar e ter uma espada e salvava o mundo” (Pedro Lopes);
“Se eu fosse um super herói era um macaco que lançava um pau aos vilões” (Pedro Rosa);
“Gostava de ir a voar pelo ar e deitar um pó mágico para as pessoas nunca ficarem doentes” (Artur);
“Gostava de ser um macaquinho com bananas mágicas que ajudavam as pessoas a ficar boas” (Salvador);
“Era forte, conseguia voar, e com os meus olhos transformava os maus em lama” (Martim);
“Gostava de fazer gelo para congelar os maus” (Leonor F.);
“Se eu fosse uma super heroína lançava corações e salvava o dia, porque a bruxa queria pisar as flores e eu não deixava” (Inês)

….

Tão bom… 🙂

E como estarão as árvores agora?

No primeiro período, com a chegada do outono, visitámos o Jardim Luís de Camões com a Educadora Patrícia para observar as árvores no outono e recolher uma folha a que chamamos “A minha estrela de outono”. Com a chegada do inverno resolvemos visitar o mesmo local e observar as alterações que ocorreram.

Ao chegar ao colégio registámos o que observamos, pintando duas árvores despidas que serviram de estendal para o vestuário de inverno que explorámos com jogos e adivinhas. Por fim, escrevemos o título do trabalho e foi muito giro descobrir as letras de cada palavra através do som que produzem.

De volta!

É com muita alegria que estou de volta ao Colégio. Ansiosa para conhecer as novas crianças e por poder trabalhar com elas, já sinto o friosinho na barriga só de imaginar a sala cheia de personalidades, risos, partilhas, desafios… Enfim, um lugar mágico com os maravilhosos e fascinantes seres que são as crianças.

Apesar do desafio que será conciliar a nova realidade familiar com a exigência profissional, tenho a certeza de que continuarei a dar o meu melhor com o objetivo de fazer com que cada uma das crianças se sinta feliz na escola, num ambiente harmonioso no que se refere aos valores e às atitudes; e rico e estimulante no que às aprendizagens diz respeito.

Aos pequeninos deixo um até já! À vossa espera uma pequena surpresa de boas vindas e uma nova cara para conhecer 🙂

Aos pais, confirmo a minha disponibilidade para o que necessitarem.

Feliz 2018 e até breve!

Educadora Raquel Menino

Brrrr… que frio!

Apesar do frio e da descida das temperaturas, as cabecinhas das nossas crianças permanecem ativas e a fervilhar:

“Raquel, como é que a neve cai?” (Ana Júlia);
“Se a neve cai em flocos, como é que fica, cá em baixo, toda lisa se ninguém a pisa? (Maria Francisca)”;
“Quando eu saí de casa vi branco na minha relva e, também, onde o meu padrinho semeia o milho, estava tudo branco! (Rodrigo G.)”
“A minha mãe também me disse que o telhado de uma casa estava branco (Carlota)”
“Os vidros do meu carro estavam com um bocado de gelo (Francisco)”
“Podíamos fazer uma experiência e deixar o gelo ao sol para ver se ele derrete (Gonçalo)”
“No meu carro estavam dois graus, a caminho do colégio (Duarte O.)”

Estas e outras questões e observações deram origem a diversos diálogos e foram o ponto de partida para algumas atividades que realizamos nos últimos dias e que, apesar do frio, nos “aqueceram e enriqueceram”!

Descobrimos animais que vivem no gelo, estados físicos da água, frutos do inverno, vestuário desta estação do ano, ouvimos a história de Luísa Ducla Soares “Sara, Tomé e o boneco de neve”, pintámos bonecos de neve, fizemos  e aprendemos uma lengalenga muito divertida e que também ajuda a aquecer (ensinem aos pais quando estes tiverem frio :))…. enfim, é sempre bom partilhar, experimentar, investigar e descobrir em conjunto!